Voltar

Inventariação de Activos das Águas do Oeste (Fase II)

  • CÓDIGO DO PROCESSO

    443.15

  • DESIGNAÇÃO

    Implementação da inventariação e cadastro de activos fisicos na zona oeste da ADlVT

  • DONO DE OBRA

    Águas de Lisboa e Vale do Tejo (AdLVT)

  • CLIENTE

    Águas de Lisboa e Vale do Tejo (AdLVT)

  • LOCAL

    Óbidos

  • ANO

    2015/2016

  • DURAÇÃO DO CONTRATO

    10 meses

  • PRINCIPAL OBJECTIVO

    Proceder à inventariação e cadastro dos equipamentos e das infraestruturas da zona Oeste da Águas de Lisboa e Vale do Tejo, em conformidade com os procedimentos constantes dos procedimentos do Grupo Águas de Portugal – “Ficha de Cadastro de Activos – Actividade em Alta”

  • DESCRIÇÃO

    Validação e/ou identificação da localização dos activos

    O processo de inventariação teve por base a verificação individualizada da informação mínima de cadastro existente para cada infraestrutura, com a identificação e/ou validação das unidades funcionais, equipamentos, activos e componentes aplicáveis a cada infraestrutura. Complementarmente, procedeu-se à classificação dos equipamentos ou componentes, existentes em cada localização de nível 8 ou, no caso de estarem previamente identificados, à sua validação promovendo as alterações/correcções necessárias.

    Etiquetagem e Caracterização de activos

    Com o objectivo de reforçar a localização individual dos activos procedeu-se à sua etiquetagem em conformidade com os procedimentos definidos na “Ficha de Cadastro de Activos – Actividade em Alta” e, com a finalidade complementar a informação técnica dos equipamentos, procedeu-se à sua caracterização. O registo da informação em formato digital, efectuado directamente no software, permitiu, por um lado, reduzir o volume de trabalho em gabinete e, por outro, a obviar erros de interpretação no carregamento dos dados.

    Valorização energética

    Paralelamente à caracterização e localização dos activos, foi efectuada a digitalização dos manuais e folhas características dos respectivos equipamentos, assim como a identificação do equipamento, ou bem inventariado, nas peças desenhadas disponibilizadas pela AdLVT ou em plantas esquemáticas.